Canal 24hCanal 24h
Data Atual

Tocantins

24° / 33°

Facebook - Clique para acessar Twitter - Clique para acessar YouTube - Clique para acessar E-mail - Clique para enviar

Quarta, 09 Agosto 2017

Comissão vai debater modelos de pesquisas eleitorais

Comissão vai debater modelos de pesquisas eleitorais

Brasília, DF - Nesta quarta-feira (9), a Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor aprovou requerimento de audiência pública para discutir o modelo utilizado nas pesquisas eleitorais encomendadas aos institutos de pesquisa eleitoral no Brasil.

Para o debate, foram convidados Mauro Paulino, diretor do Datafolha; Carlos Augusto Saade Montenegro, presidente do Ibope; e Antônio Lorenzo Martinez, diretor do Serpes Pesquisa de Opinião e Mercado.

Também foram convidados o ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE); Ricardo Wahrendorf Caldas, mestre em Ciência Política pela Universidade de Brasília (UnB); e Luiz Carlos da Rocha, presidente do Conselho Federal de Estatística.

O autor, senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), disse que as pesquisas eleitorais quase sempre se distanciam muito da realidade apurada nas urnas, afirmou que é fundamental entender como são feitas para a completa compreensão dessa ferramenta tão importante para o exercício da democracia.

Energia

Outro item aprovado foi um requerimento de informações ao ministro de Minas e Energia sobre o relatório de auditoria operacional do Tribunal de Contas da União (TCU) feita na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para avaliar os mecanismos adotados pela agência reguladores e suas agências conveniadas para fiscalizar a qualidade da prestação do serviço de distribuição de energia elétrica.

A auditoria identificou a deficiência na qualidade da prestação de energia no país, apontando que a duração de interrupção por unidade consumidora (DEC) extrapola o valor do teto, e vem se agravando no decorrer dos últimos anos, sendo a Região Norte a mais prejudicada. O relator, Cidinho Santos (PR-MT), pediu que o ministro preste informações relativas à implantação do plano de ação para o aprimoramento dos indicadores de qualidade do serviço público de distribuição de energia elétrica, determinado pelo TCU à Aneel. (Agência Senado)

 

Facebook - Clique para acessar Twitter - Clique para acessar YouTube - Clique para acessar E-mail - Clique para enviar