Tocantins 38° C

Mais de 3 mil pessoas abordadas em blitzes

Em Palmas, foram realizadas blitze educativas e preventivas, tanto no trânsito, como em locais públicos, como as feiras municipais...

16/06/2017

| Atualizado em

03/07/2017

3186

Mais de 3 mil pessoas abordadas em blitzes

(Palmas, TO) - Aproximadamente 1.150 veículos abordados em blitze educativas e repressivas; mais de três mil pessoas abordadas em feiras e faixas de pedestres, além da distribuição de material educativo, palestras e seminários sobre segurança viária. Essas foram algumas das ações realizadas na campanha mundial de prevenção a acidentes de trânsito, o Maio Amarelo.

Em Palmas, foram realizadas blitze educativas e preventivas, tanto no trânsito, como em locais públicos, como as feiras municipais, quando foram entregues materiais educativos, bem como realizadas orientações sobre as principais causas de acidentes no trânsito, a exemplo da embriaguez, uso do celular ao dirigir, dentre outros. Além das blitze, a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Serviços Públicos, Trânsito e Transporte também promoveu palestras e seminários educativos sobre segurança viária.

A falta do uso do cinto de segurança, o uso do celular na direção e viseira do capacete aberta são atitudes dos condutores identificadas facilmente pelas vias de Palmas. “Mesmo conhecendo a legislação, infelizmente encontramos muito desrespeito por parte dos condutores, que se evitados podem salvar vidas. Por isso, é preciso sensibilizar a população para adoção de boas condutas”, relata o agente de trânsito Josimar Pereira, responsável pela Educação para o Trânsito em Palmas.

“Ressaltamos que no Maio Amarelo as ações repressivas e educativas são intensificadas, mas estas são contínuas em todo o ano. Estamos dando segmento com as blitze da Lei Seca, e operações conjuntas com os demais de segurança com a meta de reduzir os acidentes no trânsito de nossa Capital”, explica o secretário Executivo de Infraestrutura, Serviços Públicos, Trânsito e Transporte, Jocélio Santos.

Dados

  • 1.144 veículos abordados;
  • 2.506 materiais entregues, entre panfletos, adesivos, laços e folders;
  • 3.029 pessoas abordadas;
  • 88 pessoas fotografadas com o cartaz da campanha da ONU;
  • 490 crianças, entre escoteiros, agentes mirins e alunos de escolinhas de trânsito receberam instruções sobre educação no trânsito;
  • 358 pessoas participaram de palestras e seminários educativos sobre segurança viária, ministrados pelo agente de Trânsito Celestino Pessoa.