Tocantins 33° C

Semus inicia campanha de vacinação contra a Raiva na zona rural

Equipes da UVCZ vão visitar casas da zona rural para imunização dos pets.

Thomas Hessel - Palmas, TO

08/02/2021

| Atualizado em

10/02/2021

193

Semus inicia campanha de vacinação contra a Raiva na zona rural

Palmas, TO - A Secretaria Municipal da Saúde (Semus), por meio da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonose (UVCZ) inicia nesta segunda-feira, 08, a vacinação de cães e gatos na zona rural do município. A previsão é que sejam imunizados seis mil animais domésticos nesta primeira fase da campanha de vacinação Contra a Raiva.

De acordo com a unidade, a campanha de vacinação antirrábica animal ocorrerá da seguinte maneira: as equipes da UVCZ percorrerão todas as localidades da zona rural de Palmas, visitando as casas em chácaras, fazendas, sítios, dentre outras localidades para imunização dos pets. A atividade será realizada apenas no período da manhã.

 

Doença

A raiva é uma zoonose causada por vírus, que tem como principal reservatório os animais mamíferos. É uma doença infectocontagiosa aguda fatal, caracterizada principalmente por sinais nervosos de agressividade, paresia e paralisia, sendo considerada uma das mais graves zoonoses descritas, porém, é prevenível por meio do uso de vacinas.

De acordo com o gerente da UVCZ, Auriman Cavalcante, a transmissão do vírus da raiva ocorre pelo contato da saliva do animal doente com a pele ou mucosas lesadas (mordedura ou arranhadura) em outro mamífero. “Os principais animais responsáveis pela transmissão da raiva em ambiente urbano são os cães e gatos”, explica.

O responsável pela unidade também orienta que alguns sintomas podem ser observados no animal para detecção da doença, tais como a mudança de comportamento do animal que passa a ficar agressivo, ataques às pessoas e outros animais, latido rouco, dificuldade para engolir alimentos e água, salivação abundante e paralisia progressiva.

Ele também lembra que a vacinação é a principal ação de controle da raiva no mundo, sendo responsável pela redução do número de casos da doença no animal, e consequentemente, da raiva humana. “A vacina é recomendada para cães e gatos saudáveis a partir dos três meses de idade, após a primeira dose, o animal fica imunizado por um ano, sendo necessário repetir a imunização anualmente”, completa.