Tocantins 39° C

Casa de Apoio do Governo do Tocantins atende 1.500 pessoas

A instituição hospeda pessoas, vindas do interior do Tocantins e estados vizinhos, para tratamento de saúde em hospitais públicos de Palmas.

Thomas Hessel - Palmas, TO

05/03/2021

| Atualizado em

06/03/2021

118

Casa de Apoio do Governo do Tocantins atende 1.500 pessoas

Palmas, TO - É com responsabilidade, esforço, dedicação diária e hospitalidade que trabalha a equipe da Casa de Apoio, gerida pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social – Setas. A instituição hospeda pessoas, vindas do interior do Tocantins e estados vizinhos, para tratamento de saúde em hospitais públicos de Palmas.

Dona Idalice Maria de Oliveira, veio da Bahia para tratamento de câncer de útero, em Palmas, e foi encaminhada, por assistentes sociais, para a Casa de Apoio no dia 21 de janeiro e terminou o tratamento em 03 de março. “Fiquei na Casa por um mês e dez dias, onde fui muito bem tratada. Agradeço também ao Governo do Tocantins pela oportunidade”, afirmou.

A servidora auxiliar de limpeza Dalva Rosa da Conceição dos Santos, 56 anos trabalha na instituição há sete anos, e não só faz faxina como também é conselheira nos momentos difíceis dos pacientes e hóspedes. “Eles reclamam comigo quando estão passando mal, devido à doença, falam que estão sem fome e eu encorajo, digo que é para comer senão não vai sarar, é para ter fé em Deus”, conta. “Quando a gente pode beija e abraça, sempre trato como se fosse da minha família, com carinho. Trabalho lá há sete anos e nunca fiquei doente, fico pra baixo é no dia que não estou com eles”, afirmou.

De janeiro até o início de março de 2021, a Casa de Apoio Vera Lúcia Pagani, gerida pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), hospedou aproximadamente 1.500 pessoas.

 

Voluntariado

A instituição conta com doações de voluntários e parceiros de instituições privadas, que contribuem com as ações de políticas públicas estaduais.

A voluntária Diana Chaves Ferreira da Veiga participa do projeto de sua comunidade “Amor em Ação” e conta o motivo e como o projeto ajuda a Casa de Apoio, com doações e serviço voluntário. “Eu já conhecia a instituição e queria ajudar por saber das necessidades deles. Por mais que a instituição cuide e acolha, quem está em tratamento e acompanhantes, a pessoa vem de outra cidade ou outro estado, muitas vezes, apenas para uma consulta e não vem prevenida. Por isso, além de um lanche mensal, a gente ajuda com doação de roupas e produtos de higiene pessoal, sempre que pode”, afirmou. “O propósito do nosso projeto é levar esperança para as pessoas, que muitas vezes não têm sequer um parente, precisam de alguém para conversar, necessitam de um consolo, de uma oração, enfim”, concluiu.

Além do apoio de grupos voluntários, os hospedes contam também com a hospitalidade da equipe da Casa de Apoio.

O secretário, da Setas, José Messias de Araújo, agradeceu aos profissionais  da Casa de Apoio, aos (as) assistentes sociais de hospitais públicos e a todos os voluntários, pela dedicação, esforços e contribuições, realizados em favor da melhoria da qualidade dos serviços públicos prestados aos à população tocantinense e a todos que precisam das ações. “No mês da Mulher, agradeço especialmente às servidoras estaduais e voluntárias, que se dedicam às ações da Casa de Apoio. A maioria dos servidores da instituição são mulheres, cujo trabalho se desta pela sensibilidade. Elas são dedicadas ao serviço, acolhedoras e cuidadosas com os hóspedes da instituição, tratando-os como se fossem parte de suas famílias”, ressaltou o gestor.

O gestor reafirmou a importância da continuidade dos serviços da Casa de Apoio. “É necessário que as pessoas continuem seus tratamentos de saúde durante a pandemia. É uma determinação do governador Mauro Carlesse, que as instituições continuem abertas, a exemplo da Casa de Apoio, em respeito a todos os que necessitam cuidar da saúde, em apoio a todas as pessoas que precisam de ajuda, tomando os devidos cuidados e sempre pensando no bem-estar da população”, ressaltou.

 

Cuidados intensificados

As ações e cuidados realizados, com os esforços contínuos da equipe da instituição, juntamente com parceiros voluntários e hóspedes, na Casa de Apoio do Governo do Tocantins, foram intensificados em 2020 e 2021, devido à pandemia da Covid-19.

A gerente da instituição, Elisângela Sardinha, informou que estão sendo realizadas duas reuniões semanais, com servidores e hóspedes da instituição,  com objetivos de atualizar e orientar sobre os protocolos de higiene e distanciamento a serem seguidos,  e dessa forma  continuar prestando serviços de qualidade.“O Governo do Tocantins disponibiliza todo o material necessário para os cuidados e higiene, instalação de pias e torneiras para higienização das mãos, pintura de cômodos, entre outros, com objetivo de evitar contaminação de servidores e hóspedes. Também orientamos os servidores sobre a necessidade de afastamento do trabalho e os hóspedes sobre a troca de acompanhantes no caso de sentirem sintomas da doença, entre outros cuidados”, informou.

 

Casa de Apoio

Os pacientes de hospitais públicos de Palmas, que moram no interior do Tocantins e, ou, em estados vizinhos, contam com a atenção especial do Governo do Tocantins no momento em que mais precisam com hospedagem na Casa de Apoio, com três refeições diárias, apoio psicológico e espiritual e entretenimento, entre outros, contando com a colaboração de voluntários parceiros.

 

Voluntariado

A Casa de Apoio recebe doações e ações voluntárias de amparo emocional e espiritual para seus hóspedes. Algumas das necessidades constantes dos usuários são roupas, calçados fechados (exigência dos hospitais), itens de higiene pessoal e alimentação complementar. Os interessados em conhecer a Casa e se tornarem parceiros podem entrar em contato pelo telefone (63) 3218-2465.

 

Localização

A Casa de Apoio fica a 200 metros do HGP, o que facilita o acesso. Além do custeio contínuo do Governo do Tocantins, a instalação também conta com doações de parceiros voluntários, que ajudam de diversas formas.

 

Estrutura

A estrutura física da Casa é composta de mais de 100 leitos equipados com beliches, ar-condicionado, cozinha, brinquedoteca, sala interdisciplinar, parquinho, área de convivência social e capela. Diariamente, a instituição tem capacidade para atender 126 pessoas.

Os hóspedes são selecionados e encaminhados pelas assistentes sociais dos hospitais públicos de Palmas. Endereço: Quadra 203 Sul, Avenida LO-05, APM-01. Telefone: 3218-2465.