Tocantins 30° C

Como o aumento de gestações vem impactando o setor econômico?

Empresa de decoração e artigos de maternidade, Grão de Gente, registrou aumento de 300% em 2020

Thomas Hessel - Palmas, TO

29/03/2021

| Atualizado em

04/04/2021

101

Como o aumento de gestações vem impactando o setor econômico?

Palmas, TO - É provável que você tenha uma amiga, parente ou colega de trabalho que engravidou durante a pandemia. O isolamento social e o convívio diário dos casais pode ter sido uma das causas para o aumento nos casos de gravidezes, programadas ou não, que surgiram ao longo de 2020 e início de 2021.

É sabido, porém, que os desafios impostos pela pandemia do coronavírus adiou o sonho da maternidade para muitas mulheres, mas, apesar deles, segundo a ONU (Organizações das Nações Unidas), em todo o mundo 1,4 milhão de mulheres engravidaram de forma não programada. E esse aumento no número de gestações já tem impactado outros setores, como o de decoração e artigos de maternidade.

Por conta desse aumento de demanda, a empresa de artigos do ramo Grão de Gente precisou desenvolver um novo sistema de atendimento para otimizar e facilitar ainda mais o contato com os consumidores. A marca, que atende a todo Brasil, registrou, em 2020, um aumento de 300% no acumulado de vendas na comparação com o ano anterior.

“Desenvolvemos nosso próprio sistema de atendimento ao cliente para otimizar o tempo desde a visita no site à entrega final do produto”, afirma o CEO da marca Gustavo Ferro. “Antes, o pós-vendas tinha três canais de atendimento e podiam chegar a quatro dias de espera. Agora, com o desenvolvimento e criação das plataformas 'Ticket Web' e ‘Troca Aqui’, a nossa central de atendimento conta com um prazo de até no máximo um dia útil para retorno. A solução pode variar de caso a caso, mas estamos tentando ao máximo otimizar os prazos”, esclarece.

Ainda segundo Gustavo, a maior parte dos atendimentos acontece pelo e-mail, e deste modo, é possível mapear os principais motivos de queixas dos clientes, bem como sugestões e demandas. “Criamos nichos (disponibilizados na plataforma) para poder agilizar o atendimento e evitar que o cliente retorne com dúvidas. O objetivo é sempre informar de forma clara o processo”, completa.

Outra mudança foi o aumento do parque fabril da empresa. O espaço, localizado em São Paulo, foi ampliado de 4 para 15 mil metros quadrados, ampliando não só a empregabilidade (mesmo em tempos de crise), como a produtividade dos serviços.

“Já era uma vontade antiga ampliar o parque fabril da empresa, mas, com a pandemia, tivemos um aumento significativo de demanda e por isso tivemos que aumentar o espaço. Além disso, tivemos que contratar mais pessoas para dar conta da produção. Hoje contamos com 1.500 colaboradores diretos e indiretos”, afirma.