Tocantins 32° C

Fiscalização e distanciamento na Capital é intensificada

Forças de segurança segue com o trabalho a partir desta segunda, 19, quando entra em vigor a nova fase de flexibilização das atividades comerciais.

Thomas Hessel - Palmas, TO

19/04/2021

| Atualizado em

21/04/2021

212

Fiscalização e distanciamento na Capital é intensificada

Palmas, TO - A operação integrada das forças de segurança foi intensificada no último final de semana em diversos pontos da Capital e as equipes de fiscalização aplicaram 12 notificações e cinco autos de infração por desrespeito às medidas restritivas de combate à disseminação da Covid-19. Nesta segunda-feira, 19, começa uma nova fase de flexibilização do comércio e os trabalhos em conjunto da fiscalização continuarão nas ruas do Município para averiguar o cumprimento das normas fixadas pelo Decreto Municipal do nº 2.029.

De acordo com a Gerência da Vigilância Sanitária Municipal (Visa), entre sábado, 17, e o domingo, 18, as equipes de fiscalização se dividiram em rodas matutinas, vespertinas e noturnas, executadas em todas as regiões da Capital, incluindo o distrito de Taquaruçu. Foram realizadas mais de 30 visitas aos estabelecimentos comerciais, em que as equipes fizeram também abordagens educativas e preventivas sobre os protocolos sanitários que devem ser seguidos para coibir a disseminação do vírus.

A operação integrada é comandada pela Diretoria de Fiscalização da Secretaria de Desenvolvimento e Serviços Regionais (Seduzir), em conjunto com a Vigilância Sanitária (Visa), e o apoio dos agentes de Trânsito e Transporte, Guarda Metropolitana de Palmas (GMP), Polícia Militar (PM), Polícia Civil, GOTE, Corpo de Bombeiros Militar, da Cidadania e Justiça, do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran-TO).

 

Novas medidas

Vale reforçar que, mesmo com a fase de flexibilização que inicia nesta segunda-feira, 19, os comerciantes devem seguir os protocolos exigidos quanto à limitação de até 30% da capacidade de atendimento ao público nos estabelecimentos, do cumprimento do horário de abertura e fechamento, dentre outros quesitos de acordo com a área da atividade especificada no Decreto Municipal nº 2.029. Além de obedecerem às normas de distanciamento, com o uso de máscaras de proteção e disponibilizar aos funcionários e ao público álcool em gel para prevenção e higienização.

O novo cenário de flexibilização da volta da atividade presencial com atendimento direto ao público e a expansão do horário de funcionamento de alguns segmentos, só foi possível, neste momento, devido à redução nos últimos dias na taxa de novas contaminações provocadas pela Covid-19.