Tocantins 33° C

Terminam Jogos Estudantis Paradesportivos do TO

Foram disputadas 37 provas com a participação de 16 paratletas,

Fernando Hessel ( Palmas, TO )

20/09/2021

| Atualizado em

20/09/2021

203

Terminam Jogos Estudantis Paradesportivos do TO

Palmas, TO - Estudantes paratletas de oito unidades escolares participaram das provas de atletismo da 7ª edição dos Jogos Estudantis Paradesportivos do Tocantins (Parajets), neste sábado,18, em Palmas, na pista de atletismo da Universidade Federal do Tocantins (UFT). As competições, voltadas a alunos com idade entre 11 e 17 anos com deficiência física (DF), visual (DV) e intelectual (DI), encerraram a etapa estadual do evento promovido pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes.

Foram disputadas 37 provas, com a participação de 16 paratletas, representando unidades escolares de Araguanã (Escola Estadual Machado de Assis, Escola Estadual São Pedro e Escola Municipal Tiradentes), Araguaína (Escola Estadual Modelo e Apae Raios de Luz), Dianópolis (Colégio João D’ Abreu) e Guaraí ( Escola Especial Estrela da Esperança e Escola Estadual Irineu Albano Hendges).

A etapa estadual é classificatória para as Paralimpíadas Escolares, que acontecem em São Paulo, de 22 a 27 de novembro.

O cadeirante Alexsandro Pereira Lima, 14 anos, que tem deficiência física e intelectual, foi um dos estreantes no evento. “Comecei a treinar este ano. Essa é a minha primeira competição. Estou muito feliz”, destacou o paratleta da Escola Municipal Tiradentes, de Araguanã, que competiu no arremesso de peso.

A deficiente visual Kauany da Silva Alves, da Escola Estadual São Pedro, distrito de Jacilândia, município de Araguanã, é uma veterana nos Parajets. Participa das competições desde 2017 e acumula títulos. “Já conquistei muitas medalhas e quebrei muitos recordes nas provas de atletismo das Paralimpíadas representando o Tocantins. Comecei no esporte para competir nos Parajets e encerro minha participação com muito orgulho”, destacou a estudante que disputou provas de 100 e 400 metros e arremesso de peso", destacou.

Segundo o professor Rafael Gabarrão, de Araguanã, os Parajets representam a inclusão desses estudantes por meio do esporte. "Parabéns para o Governo que mantém a realização dos Parajets, um evento voltado para o fomento do esporte no ambiente escolar e a inclusão dessas crianças e jovens. Eles só querem mostrar para a sociedade que são capazes de quebrar paradigmas e estão em busca dessa convocação para representar o Tocantins e dar um respaldo às famílias que acreditam no trabalho da gente", frisou.

Acompanhando a equipe em Palmas, a diretora Maria Cleusa Ferreira, da Escola Estadual Machado de Assis, de Paranã, destacou que a escola tem um papel fundamental no incentivo à prática esportiva. “Além de desenvolver fisicamente e psicologicamente, o esporte melhora a autoestima desses estudantes. Por meio dessa prática, eles têm a oportunidade de desenvolver novas habilidades. Temos exemplo de aluno que sequer caminhava e, com a prática de esportes, hoje participa de provas de atletismo e tem a chance de competir nos Parajets”, relatou.

A etapa estadual dos Parajets começou na sexta-feira, 17, com a realização das provas de tênis de mesa e natação na Escola Estadual de Tempo Integral Professora Elizângela Glória Cardoso.

Todos os estudantes passaram por testagem para Covid-19, antes dos jogos. Todos os resultados deram negativo.