Tocantins 34° C

Junta Comercial do Tocantins adota o Pix como meio de pagamento

Os usuários da Junta Comercial do Estado do Tocantins (Jucetins) agora pode fazer pagamento de taxas por meio do Pix

FERNANDO HESSEL - Palmas, TO

12/10/2022

| Atualizado em

12/10/2022

314

Junta Comercial do Tocantins adota o Pix como meio de pagamento

 

PALMAS, TO - A Junta Comercial do Estado do Tocantins (Jucetins) já aceita que os usuários façam pagamentos de taxas usando o Pix, sistema de pagamentos instantâneos. A novidade traz mais rapidez para o andamento dos processos, já que o contribuinte não precisa esperar pela compensação bancária.

Os boletos bancários agora são emitidos com QR Code, que é lido pelo aplicativo do banco. O pagamento pode ser feito em qualquer instituição financeira que aderiu ao sistema. Ao utilizar esta ferramenta, o pagamento é identificado rapidamente.

“O Pix traz muita praticidade, agilidade e dinamismo. A comodidade de realizar um pagamento com tamanha facilidade, e ainda ter o seu pagamento compensado instantâneamente, é essencial para um ambiente de negócios desburocratizado”, afirma o presidente da Jucetins, José Aníbal.

O gerente de planejamento Helivan Lopes explica que a Jucetins trabalha com ferramentas tecnológicas para aprimorar o seu serviço. “É mais uma facilidade oferecida, que vai melhorar e desburocratizar ainda mais a abertura de empresas. Estamos sempre alinhados com o que tem de mais moderno para o serviço público”, ressalta.

 

Como funciona

O Pix pode ser usado por qualquer pessoa com conta bancária, corrente ou poupança, e celular com acesso à internet. Para realizar as transações o usuário deve cadastrar a sua chave, que é o seu identificador da transação, e tanto pode ser o número de CPF, CNPJ, do celular ou e-mail.

Na guia de pagamento da Jucetins, há um campo à direita com um Qr Code. Cada instituição tem uma área dedicada ao Pix em seu aplicativo, basta clicar no campo correspondente à leitura do QR Code e seguir o processo solicitado.

Segundo o Banco Central, as informações pessoais trafegadas nas transações Pix, assim como nas transações de TED e DOC, estão protegidas pelo sigilo bancário, conforme as disposições da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).