Tocantins 32° C

Projeto Água alcança alunos de escola de Talismã no TO

Os estudantes participaram de plantio de mudas, medição da qualidade da água e demonstração do uso de tecnologias para monitoramento ambiental

FERNANDO HESSEL | Palmas, TO

18/08/2023

| Atualizado em

17/08/2023

239

Projeto Água alcança alunos de escola de Talismã no TO

 

PALMAS, TO - O projeto Água na Escola Ações Ambientais reuniu alunos do ensino médio nesta quarta-feira, 16, em um dia de campo, com implementação de ações de educação ambiental, na Fazenda Felicidade em Talismã, município do Tocantins.

Essa é a segunda edição da quinta etapa do projeto coordenado pelo Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Santo Antônio e Santa Tereza (CBHSAT) em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), prefeituras municipais e secretarias do Meio Ambiente dos municípios de Alvorada, Jaú do Tocantins, Peixe, Sucupira, Gurupi, Cariri, Talismã e Figueirópolis.

Durante o dia de campo, alunos de escolas municipais e estaduais desses municípios participam de atividades como a coleta e beneficiamento de sementes de espécies nativas do cerrado e a medição do pH e da vazão da água dos córregos e rios que cortam o município. Os estudantes realizam também visitas monitoradas ao viveiro de mudas espécies nativas do cerrado no Centro de Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD-Gurupi); participam do plantio de mudas, realizam medição da compactação do solo da área a ser plantada, e acompanham a demonstração do uso do drone nos levantamentos ambientais e do uso do GPS para medir áreas de preservação permanente.

A iniciativa busca promover um espaço educador e integrador de ação e atividades de educação ambiental, abrangendo os oito municípios da região Sul do estado do Tocantins, e tem o objetivo de incentivar o desenvolvimento da compreensão integrada do meio ambiente em suas múltiplas e complexas relações de forma a fomentar novas práticas sociais de produção e consumo.

O diretor de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos da Semarh, Aldo Azevedo, disse que “o projeto coordenado pelo CBHSAT é uma iniciativa que soma uma grande contribuição ao trabalho de preservação das bacias hidrográficas que estão sob competência do Comitê, bem como às ações do viveiro do CRAD-Gurupi, além de promover a participação e o envolvimento de alunos do ensino médio nas ações de preservação ambiental dos recursos hídricos”.

De acordo com a presidente do CBHSAT e coordenadora do projeto, Maria Cristina Bueno Coelho, “a iniciativa também tem o objetivo de estimular a mobilização social e o fortalecimento da consciência crítica sobre a dimensão socioambiental de preservação do equilíbrio do meio ambiente”.

Entre outros objetivos, o projeto visa desenvolver o conhecimento de forma a promover a mudança de valores, atitudes e comportamentos, estimular a comunidade escolar à inserção da experiência com educação ambiental nas atividades curriculares; estimular a sociedade a refletir o seu papel na realização de atividades de educação ambiental, como forma de reduzir os impactos ambientais na comunidade.

Maria Cristina ressaltou ainda que “o projeto busca ainda promover um espaço de debate das realidades locais, para o desenvolvimento de mecanismos de articulação social, fortalecimento das práticas comunitárias sustentáveis e garantia da participação da população nos processos decisórios sobre a gestão dos recursos ambientais, além de cooperar com os projetos e programas da Semarh e das instituições parceiras, que tenham como foco a educação socioambiental”.