Canal 24hCanal 24h
Data Atual

Tocantins

22° / 32°

Facebook - Clique para acessar Twitter - Clique para acessar YouTube - Clique para acessar E-mail - Clique para enviar

Terça, 11 Julho 2017

Capim Dourado é a aposta das artesãs de Lagoa do Tocantins

Capim Dourado é a aposta das artesãs de Lagoa do Tocantins

Palmas, TO - “Há muito tempo não sentíamos tão esperançosos e confiantes na comercialização das nossas peças como no dia de hoje. Estamos revigoradas e acreditando muito”, assim destacou a presidente da Associação das Artesãs de Capim Dourado de Lagoa do Tocantins, Idelvani Oliveira, contente com a possível expansão das vendas das peças.

 

A afirmação dela ocorreu em ocasião da visita da Secretária do Trabalho e Assistência Social (Setas), Patrícia do Amaral, à cidade, localizada a 115km de Palmas, na tarde desta segunda-feira, 10.

A titular da Pasta foi a campo para acompanhar as reuniões nos municípios que foram contemplados com o Programa Economia Solidária (Ecosol). As mesmas têm por objetivo esclarecer dúvidas sobre o mesmo e também eleger um representante que irá a Fortaleza (CE), em setembro, conhecer as experiências bem-sucedidas daquela cidade.

 

“Estes eventos representam mais um avanço do Governo do Estado na geração de emprego e renda. Queremos que todos os municípios selecionados explorem suas potencialidades locais e façam do Ecosol uma ferramenta que garanta avanços na renda familiar, por meio da venda dos produtos de seus cooperados”, disse.

 

Com uma população de quase quatro mil habitantes, na cidade foram identificadas cooperativas de apicultores e produtores rurais e associações de corte e costura e Capim Dourado aptas a trabalharem de forma unificadas, garantindo dessa forma linhas de crédito ofertadas pelos bancos conveniados, conforme antecipou o agente solidário e responsável por esse levantamento em Lagoa do Tocantins, Paulo Adriano Reis Santos.

 

“Fizemos uma capacitação pela Setas de 22 dias, e a partir daquele momento percebemos que centenas de famílias do Estado deixarão a miserabilidade para trás e terão um salto qualitativo de vida se elas estiveram unidas em defesa de um mesmo propósito”, justificou.

Esse propósito diz respeito ao interesse incomum do negócio que irão atuar, resultando na comercialização de produtos em qualquer área da cadeia produtiva como a de alimentos, roupas, alimentação, artesanato, etc.

Facebook - Clique para acessar Twitter - Clique para acessar YouTube - Clique para acessar E-mail - Clique para enviar