Tocantins 31° C

Educação do Tocantins é representada em congresso da Unicef

Em todo o Estado, 87 municípios aderiram 3ª edição do projeto realizado pelo Fundo das Nações Unidas

30/08/2018

| Atualizado em

30/08/2018

1085

Educação do Tocantins é representada em congresso da Unicef

Palmas, TO - A secretária da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, participa nos dias 29 e 30 de agosto, em Brasília, do Seminário Promoção de Trajetórias de Sucesso Escolar, promovido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e o Ministério da Educação (MEC). O objetivo é discutir a situação da distorção idade-série no Brasil. Serão apresentados os dados de um estudo sobre o assunto, e debatido o papel das diferentes instituições e organizações na construção de estratégias de enfrentamento da distorção idade-série e promoção de trajetórias de sucesso escolar.

“Na condição de articuladora estadual do Selo Unicef Município Aprovado, que envolve as áreas da Educação, Saúde e Desenvolvimento Social, nossa participação no Seminário vem colaborar com a compreensão do nosso papel nesse enfrentamento da distorção idade-série e a construção de trajetórias de sucesso escolar. Acreditamos que essas discussões serão de suma importância para a proposição de metodologias participativas, flexíveis e que levem em consideração as especificidade dos alunos do Tocantins”, enfatizou Adriana.

O estudo apresentado traz um diagnóstico do atraso escolar por etapa de ensino na educação básica, por cor, raça e gênero, por regiões brasileiras, áreas rural e urbana e outros recortes territoriais, e também analisa a situação de crianças e adolescentes com deficiência. O documento ainda aponta caminhos para reverter o cenário em favor dos estudantes.

De acordo com o coordenador de Educação do Unicef, Ítalo Dutra, existem quatro grandes ações do Selo voltadas para a Educação. Entre elas, conforme ele explicou, estão a busca-ativa escolar, que tem como objetivo identificar e procurar as crianças que, mesmo tendo oferta de vagas, estão fora das escolas; outra ação é o trabalho para construir propostas de trajetórias de sucesso escolar; a terceira é promover um processo de autoavaliação das escolas de educação infantil e a última ação é de inclusão de crianças e adolescentes na escola através das aulas de educação física, chamado Portas Abertas da Inclusão.

“A gente espera que a Seduc Tocantins, principalmente nas questões relacionadas à Educação, mobilize os municípios a trabalharem junto com a gente para garantir os diretos da criança e do adolescente. Esperamos que seja todo mundo mobilizado a participar dessas atividades, participar do curso, fazer a autoavaliação das escolas de educação infantil, trabalhar para construir propostas de trajetórias de sucesso escolar e fazer a busca ativa de crianças fora da escola”, pontuou Ítalo Dutra.

Paralelo ao encontro, Adriana terá uma agenda com o Unicef para ajustar os próximos passos do Selo Unicef Município Aprovado no Tocantins. “Vamos trabalhar para que organizar as atividades, a partir de setembro, com os gestores estaduais da Educação, Saúde e Desenvolvimento Social, e capacitação com os técnicos das Diretorias Regionais de Educação que prestam esse atendimento aos municípios”, relatou.

Selo Unicef no Tocantins

Em todo o Estado, 87 municípios aderiram 3ª edição do projeto realizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) que visa estimular a implementação de políticas públicas para a redução das desigualdades, garantindo os direitos das crianças e dos adolescentes. Em 2020, quando finaliza o ciclo do Selo, as cidades que conseguirem melhorar as condições de vida de suas crianças e adolescentes receberão o Selo Unicef Município Aprovado.