Canal 24hCanal 24h
Data Atual

Tocantins

23° / 34°

Facebook - Clique para acessar Twitter - Clique para acessar YouTube - Clique para acessar E-mail - Clique para enviar

Quarta, 31 Outubro 2018

Acadepol capacita 180 policiais da Capital e do interior

Acadepol capacita 180 policiais da Capital e do interior

Palmas, TO - Com a proposta de manter a constante capacitação dos quadros efetivos da Polícia Civil, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) concluiu nesta terça-feira,31 em Palmas quatro cursos de capacitação promovidos pela Academia de Polícia Civil (Acadepol). Nesta etapa, foram qualificados 180 pessoas, entre agentes de polícia, delegados, escrivães de polícia, peritos oficiais, papiloscopistas e agentes de necrotomia. A solenidade de encerramento e diplomação contou com a presença de diversas autoridades políticas e administrativas, entre elas o vice-governador do Estado, Wanderley Barbosa.

Durante os treinamentos, os policiais participaram de cursos de Investigação de Crimes Cibernéticos, Interceptação Telefônica, Investigação de Furtos e Roubos de Veículo dentre outras, sendo a última temática ministrada pelos instrutores do Grupo de Operações Táticas Especiais- GOTE. Já os integrantes da Polícia Cientifica tiveram instruções nas disciplinas Morte Violenta, Balística Forense, Levantamento de vestígios papiloscópicos em locais de crime e confecção de pareceres técnicos, Técnicas laboratoriais papiloscópicas, Ergonomia, Técnicas de dissecção cadavérica e Operações Policiais II.

 

Reconhecimento

Representando o governador Mauro Carlesse, o vice-governador do Estado, Wanderlei Barbosa, ressaltou o empenho da atual gestão em garantir e promover a Segurança Pública à população, sem esquecer de valorizar os homens e mulheres empenhados na luta diária contra a criminalidade. “Recebemos o estado com sérios problemas financeiros e administrativos mas estamos conseguindo restabelecer a credibilidade. Parte disso são as ações de qualificação e capacitação dos efetivos de segurança”, afirmou.

Representando o secretário de estado da Segurança Pública, o subsecretário Wlademir Costa Oliveira reforçou a importância do treinamento constante promovido pela Acadepol em todas as regiões do Estado. “Devemos buscar todos os dias a vontade de crescer, de aprender, de melhorar. Não só como pessoa, mas também como policial. Nesse viés, a Academia Itinerante alinha o altruísmo, desenvolve a camaradagem, estabelece a confiança, fortalece as relações interpessoais e eleva a autoestima e a moral”, frisou.

Para Vinícius Mendes de Oliveira, delegado-geral da Polícia Civil, esse é um momento de celebrar o aperfeiçoamento daqueles que tem a vocação e a missão para a proteção do outro, promovendo a segurança de toda a população tocantinense. “Isso é o que nos faz diferentes, essa é a nossa missão. Para isso, precisamos estar qualificados para atuar com rapidez e ficiência no combate à criminalidade”, afirmou.

Para o diretor da Acadepol, o delegado Marcelo Falcão, a função da Polícia Civil não é só de repressão. “Estamos trabalhando de maneira diferente, com o foco em reconstruir paradigmas, garantindo os direitos e acesso à segurança dos tocantinenses, sem abrir mão da investigação policial. Contamos com um quadro de 100% de instrutores voluntários. Isso muito nos orgulha, pois temos a certeza de que em nossos quadros técnicos possuímos excelentes profissionais”, argumentou.

A Academia de Polícia Civil Itinerante é fruto de recursos financeiros disponibilizados pelo Fundo de Modernização da Polícia Civil – FUMPOL. A Etapa Palmas do projeto capacitou policiais civis entre os dias 15 e 27 de outubro.

Facebook - Clique para acessar Twitter - Clique para acessar YouTube - Clique para acessar E-mail - Clique para enviar