Tocantins 33° C

É Apresentado Plano de Contingenciamento Contra a Covid-19 em Palmas

Produção de boletins diários e monitoramento de casos confirmados e suspeitos também foram foco da fala da gestora.

Thomas Hessel - Palmas, TO

30/09/2020

| Atualizado em

01/10/2020

170

É Apresentado Plano de Contingenciamento Contra a Covid-19 em Palmas

Palmas, TO - A secretária municipal da Saúde de Palmas, Valéria Paranaguá, apresentou, na manhã desta quarta-feira, 30, na Câmara Municipal de Palmas, os dados da Saúde referentes ao segundo quadrimestre. Na ocasião, a gestora citou as ações de enfrentamento da pandemia da Covid-19 realizadas no período de 1° de maio a 31 de agosto pela Secretaria Municipal da Saúde (Semus).

Entre as iniciativas, a gestora falou sobre a ampliação do número de testes, aumento na oferta de leitos, elaboração do Plano de Contingência, organização nos atendimentos e ativação do Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE). Também como medida de combate ao vírus, a pasta elaborou o Plano de Monitoramento dos casos suspeitos e confirmados, e preparou documentos norteadores do manejo clínico dos pacientes em conjunto com a Atenção à Saúde.

Já na parte do comércio, a Vigilância Sanitária, que é vinculada à Semus, construiu catálogos de normas técnicas para organização dos estabelecimentos, realizou fiscalização destes locais e ainda recebeu denúncias sobre as infrações das normas técnicas de segurança da Covid-19.

Desde o início da pandemia, houve a elaboração dos boletins diários, call center com orientações à população em geral, das 7 às 19 horas; Unidade de Resposta Rápida - apoio e orientação aos profissionais de saúde, 24 horas de funcionamento - e desenvolvimento de site exclusivo para informações da doença.

 

Logística

Ainda como medidas adotadas pela Semus, estão a abertura imediata de processos de aquisição para medicamentos e insumos de enfermagem, compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os servidores e também a aquisição de 45 mil testes de quimiluminescência.

 

Recursos

Os dados apresentados são resultados das ações e serviços planejados por meio do Plano Municipal da Saúde e Plano Plurianual para o quadriênio 2018/2021. O orçamento inicial destinado à Semus foi de R$ 235.062.699, porém, no segundo quadrimestre, o orçamento autorizado alcançou o valor de R$ 281.212.961,67. O montante final é a soma de todas as fontes.

Dentro do orçamento autorizado para o segundo quadrimestre, R$ 125.289.253,81 (44,5%) foram oriundos de recursos federais, R$ 8.179.150,19 (2,91%) de fonte estadual, R$ 140.636.271,13 (50,01%) municipal, R$ 1.526.321,56 (0,90%) relativos a convênios, R$ 1.053.131,76 (0,71%) do FEP, R$ 2.519.718,78 (0,37%) recursos de cessão onerosa e R$ 2.009.114,44 (0,54%) de auxílio financeiro.

 

Despesas

No segundo quadrimestre, a pasta teve uma despesa de R$ 81.650.408,22. Desse montante, R$ 53.667.562,39 foram gastos com pessoal, R$ 4.479.725,11 com material de consumo, R$ 5.324.804,11 com auxílio financeiro a estudantes e pesquisadores, R$ 8.687.864,67 com outros serviços de terceiros - pessoa jurídica, R$ 3.567.695,93 com material de distribuição gratuita, R$ 4.377.396,31 outras despesas de custeio, R$ 128.087,93 despesas de exercício anterior e R$ 1.417.271,77 com despesas de capital.